24 de novembro de 2013

E eu estou olhando,

o que ainda permanece intacto dentro de mim. Você tem tanta certeza no que fala. Eu pareço estar ouvindo tudo o que você fala atentamente, não pareço? Eu estou sendo muito boa em interpretar esse papel, não estou? Ah, por favor, não vá embora. Não sem antes satisfazer o que grita em meus ouvidos. Nós somos tão diferentes. E eu visto apenas mais uma máscara para estar ao seu lado. Eu ainda me sinto a mesma. Ainda sinto o mesmo. O que você espera? Não posso deixar de sentir que eu serei uma história. Contada rapidamente, sem detalhes, assim como essas histórias que alguém nos conta não porque quer ou gosta da história, mas simplesmente porque deve contar. 
Você ao menos sabe qual a razão para estar segurando a minha mão? Me faço essa pergunta todos os dias.


Kamilla de Muinck.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...