25 de setembro de 2013

Love Like This.


"Meu coração está em chamas. Você me ilumina, e eu não posso me acalmar. Seu amor é selvagem. Você é perigoso, perigoso... Lembra quando você me beijou pelo mar? Você estava dizendo todas as coisas que eu gostaria de acreditar. Que você poderia me dar todo o seu amor, você poderia me dar apenas o suficiente. E nós poderíamos viver no paraíso e nunca ter que partir. Mas isso é verdade? Toda vez que eu olho em volta, eu sempre posso encontrar você. Do meu lado, de manhã e à noite, você é meu doce o tempo todo. Eu nunca conheci um amor como esse. Estou sonhando ou isso é amor de verdade?
Eu gosto do seu estilo. Gosto do seu sorriso, tudo sobre você. Quando você está no topo, eu deixo você me levar para um passeio, nós podemos ir a qualquer lugar que você quiser. Eu nunca conheci um amor como esse..."



Love Like This, Wild Belle.

Parabéns, minha estrela!

Deus resolveu me presentear assim que eu nasci. Ele escolheu uma mulher guerreira, determinada, dedicada, carinhosa, defensora, ensinadora e íntegra para ser minha mãe. Desde criança, você sempre me ensinou muita coisa. Você cuidou de mim quando eu mais precisei. Foi forte quando precisou ser pela gente. Enxugou minhas lágrimas, me ensinou a ter garra, a nunca desistir. Você me salva quase todos os dias. Aprendi inúmeras coisas com você, mãe. E ainda estou aprendendo. E embora paciência não seja lá uma de suas virtudes, você tem bastante comigo, mesmo com nossas discussões, mesmo quando discordamos de alguma coisa. Eu queria agradecer, mãe. Agradecer por você ser esse exemplo de pessoa. Por ficar de pé sempre, por me mostrar o certo e o errado, por me fazer entender tanta coisa que eu não entendia. Obrigada por tudo que você faz por mim. Obrigada por ser essa pessoa incrível que você é. Eu te amo muito muito muito muito mesmo, mamãe. Você é meu anjo da guarda. Feliz aniversário!


Kamilla de Muinck.

12 de setembro de 2013

"Yeah and how many times,

must a man look up, before he can see the sky? Yes and how many ears must one man have, before he can hear people cry? Yes and how many deaths will it take till he knows that too many people have died?

The answer, my friend, is blowin' in the wind. 

The answer is blowin' in the wind."


(Sim e quantas vezes um homem precisará olhar para cima, antes que ele possa ver o céu? Sim e quantas orelhas um homem deve ter, antes que ele possa ouvir as pessoas chorarem ?Sim, e quantas mortes ele causará até saber que pessoas demais morreram? A resposta, meu amigo, está soprando ao vento. A resposta está soprando ao vento.)

Blowin' in the wind, Bob Dylan.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...