10 de março de 2013

Nos seus braços,

eu sinto como se nossa história nunca tivesse tido alguma interrupção. Tanto tempo longe, tanto tempo tentando me afastar, mas toda vez que te vejo, a mesma sensação toma conta de mim: como se uma onda viesse tão forte que conseguisse me levar junto. E assim eu caminho, trêmula. Não quero jogar. Não quero que alguém perca. Mas não quero ter que juntar-me aos pedaços novamente. "Como sou tola", penso. Não há regras no amor. Quando se ama, você sabe. Você pode enlouquecer, você pode perder o que mais queria. Quando se ama, não há valor maior do que saber que não se trata de valores. E dessa vez, abracei meu caos. Eu quero você e todos os problemas, todos os defeitos. Quero por inteiro. É perigoso, eu sei. Mas não posso dizer que não, quando tudo em mim grita "sim".




Kamilla de Muinck.

"Everything you say,

makes me wanna stay,


but everything you've done, 

makes me wanna run, run, run...


Try to be strong, but babe, I adore you."



(Tudo o que você diz, me faz querer ficar, mas tudo o que você fez, me fazer querer correr, correr, correr... Tento ser forte, mas babe, eu te adoro.)


Butterflies, Lana Del Rey.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...