29 de dezembro de 2012

É perigoso

tentar vencer agora tendo perdido tantas vezes. Dizem que não há regras no amor. E eu adoro esse sentimento de liberdade. Então não queira pegar minha mão agora, amor. Estou tentando visualizar isso. Dessa vez não quero ver o final. Quero ver a verdade, dita tantas vezes e parada em minha boca. Quero vencer o medo. Não quero voltar aquele lugar nunca mais. Quero ser livre. Livre de tudo o que um dia me sufocou. Quero ser livre de você.



Kamilla de Muinck.

20 de dezembro de 2012

Verdades escritas

nos olhos de todos. Mas ninguém pode vê-las. Então me deparo com você. Deparo-me comigo mesma. Não consigo ler o que está em mim. Não consigo ler o que está em você. O que estará escrito em nossos olhos? Um segredo guardado entre nós dois. Amor, raiva, culpa, desejo. Quem consegue decifrar o que está escrito nos olhos de alguém, sabe sua única verdade.



Kamilla de Muinck.

17 de dezembro de 2012

E tudo

se resume a isso:

Por que você está olhando para mim?

Você apenas gosta do que vê,

ou você realmente quer meu coração, querido?


Kamilla de Muinck.

15 de dezembro de 2012

Freedom at 21.

"Arranque a sola dos meus pés, faça-me andar sobre sal. Leve-me até a polícia, carregue-me com violência. Um sorriso no rosto dela, ela faz o que quer comigo. Ela não se importa com que tipo de ferimentos ela me inflige. Ela não se importa com a cor dos hematomas que ela está deixando em mim. Porque ela tem liberdade no século 21. Dois aparelhos pretos em suas mãos, tudo o que ela está pensando: Nenhuma responsabilidade, nenhuma culpa ou moral obscurecem o julgamento dela. Sorriso no seu rosto, ela faz o que bem deseja. E ela não se importa com as coisas que as pessoas costumavam fazer. Ela não se importa que o que ela faz tem um efeito em você. Ela tem liberdade no século 21. Arranque a sola dos meus pés, faça-me andar sobre sal. Leve-me à polícia..."



Freedom at 21, Jack White.

6 de dezembro de 2012

Interessante ver você tentar me decifrar. Você me considera monótona. Então você me observa novamente e vê que tudo some num piscar de olhos. Você diz que eu sou tudo, você diz que sou nada. Interessante você querer me julgar pelo que você vê. Porque o que te enlouquece não é o que você enxerga em mim, mas o que eu faço você sentir.


Kamilla de Muinck.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...