29 de abril de 2012

Eu não quero palavras.

Tão pouco atitudes. Eu quero um coração. Quero que não seja preciso prometer. Quero que o tempo passe, mas que não toque em nada. Absolutamente nada. Quero que continuemos os mesmos dentro de nós. Quero descobrir se o "para sempre" realmente possui algum significado. Quero que você me peça, "diga que é minha". E eu o farei. Eu quero que você não se imagine com mais ninguém além de mim, assim como você será a razão para eu estar exatamente aqui e permanecer no mesmo lugar. Estúpida visão do amor a minha. Mas é a única que consigo ter.


Kamilla de Muinck.

Um comentário:

  1. Ah, eu também sou assim, ultimamente está difícil ser tão romântica, não? A gente anda sofrendo em dobro...

    Bjin*

    http://florescerepalavrear.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...