29 de abril de 2012

E através dos meus olhos,

dentro de mim você verá que nem eu mesma consigo acalmar o que acontece lá há tanto tempo. Então desvio o olhar na esperança de que você não descubra meus inconstantes sentimentos, indo e vindo. E que há um novo agora, teimando em nascer mesmo que eu já tenha tentado cortar suas raízes várias vezes.



Kamilla de Muinck.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...