1 de março de 2012

Uma lágrima,

um aperto forte no coração. Sentimento tolo. Impreciso, que machuca e corta ao ser ingerido. Mas necessário. Jogo que mata por dentro, queimando tudo o que encontra. E ninguém sabe o quanto arde, apenas os que amam de verdade. Impossível não criar ilusões. É querer alguém por apenas um minuto. E aquele minuto, você sabe, levará consigo para toda sua vida. Dor que se insiste em sentir. Um suspiro em troca de várias noites sem dormir. Me dê todo o seu amor. Toda a tolice, a tristeza e a felicidade que é sentida por dentro. O amor é uma droga. É inútil. Mas - Deus - como eu preciso dele.




"Give me all your love, give it to me right now, all your love. Don't mess around with my love."





Kamilla de Muinck.


3 comentários:

  1. Nossa Kamilla que lindo texto.
    Mesmo com todas as dores, marcas e desilusões necessitamos do amor para dar cor a vida, ritmo as melodias e inspiração.

    Adorei. *-*

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigada! Fico feliz que tenha gostado :) Abraços.

    ResponderExcluir
  3. O amor é uma droga mesmo. Por isso que quase todos são dependentes dele. Mais o que seríamos sem amor? Uma vida sem amor, não é vida! Cheguei hoje , mas já estou amando o seu bloge e óh, to te seguindo! Adoraria ter você por lá também, assim poderemos manter contato, legal né? Beijão !

    www.spiderwebs.tk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...