30 de outubro de 2011

Mas eu,


não posso negar, você ainda reside em minha memória. E o que é pior: no meu coração.


"In my heart, your love has found, the safest hidding place."




Kamilla de Muinck.

9 de outubro de 2011

E há momentos,

em que penso em desistir de encontrar alguém que tenha a resposta. A minha resposta. Há tantas pessoas que passam ao meu redor todos os dias e nunca a "pessoa certa" passou e viu em mim seu espelho. Talvez não haja a pessoa certa. Talvez não haja, também, a pessoa errada. Talvez tudo seja uma questão de procurar ou não isso em alguém. Mas por alguma razão, toda vez que penso em desistir, algo dentro de mim grita que está perto. Está tão perto que eu posso tocar isso... só que eu não aguento mais ver os dias passarem e a minha esperança ir engolindo, aos poucos, meu coração solitário. Eu só quero alguém que entenda. Somente isso. E esperar tem sido sido mais agonizante a cada dia que passa.



"I wish you'd could only see: I got an I heart question mark, written on the back of my hand."



Kamilla de Muinck.

2 de outubro de 2011

Hand In My Pocket.

"Estou quebrada, mas estou feliz. Eu sou pobre, mas sou gentil. Eu sou baixa, mas sou saudável, sim. Estou viajando, mas estou de castigo. Sou sensata, mas sou subjugada. Estou perdida, mas tenho esperança, querido. E a que tudo isto se resume? É que tudo ficará bem, bem, bem. Porque eu tenho uma mão no meu bolso, e a outra está dando um aperto de mão. Eu me sinto bêbada, mas estou sóbria, sou jovem e ganho muito mal. Estou cansada, mas estou trabalhando, sim. Eu me importo, mas estou inquieta. Estou aqui, mas eu realmente já fui, estou errada e sinto muito, querido. E a que tudo isto se resume? É que tudo ficará realmente bem. Porque eu tenho uma mão no meu bolso, e a outra está acendendo um cigarro. E a que tudo isto se resume? É que eu não entendi tudo ainda. Porque eu tenho uma mão no meu bolso, e a outra está fazendo um sinal de paz. Eu sou livre, mas sou dedicada. Sou imatura, mas sou esperta. Sou difícil, mas sou amigável, querido. Estou triste, mas estou rindo, sou valente, mas sou uma verdadeira covarde. Eu sou maluca, mas sou bonita, querido. E a que tudo se resume? É que ninguém conseguiu decifrar tudo ainda. Porque eu tenho uma mão no meu bolso, e a outra está tocando piano. E a que tudo isto se resume, meus amigos? É que está tudo bem, bem, bem. Porque eu tenho uma mão no meu bolso, e a outra está chamando um táxi."
 


Hand In My Pocket, Alanis Morissette.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...