28 de julho de 2011

Try.

Tudo o que sei é que nada é como é vendido. Mas quanto mais eu cresço, menos eu sei. E eu vivi tantas vidas, embora não seja velha. E quanto mais eu vejo, menos eu cresço. Quanto menos sementes, mais eu semeio. Então, vejo você parado aí, querendo mais de mim e tudo o que posso fazer é tentar. Eu queria que eu não tivesse visto toda a realidade. E todas as pessoas reais, na verdade, não são tão reais assim. Quanto mais eu aprendo, mais eu choro. Enquanto digo adeus ao estilo de vida que pensei que tinha projetado pra mim. Então, vejo você parado aí, já sou tudo o que poderia ser, mas tudo o que posso fazer é tentar, tentar. Todos os momentos que já passaram, tentei voltar e fazê-los durar. E todas as coisas que queremos que o outro seja, nós nunca seremos tão maravilhosos. Essa é a vida. Esse é você, querido, essa sou eu, querido. Nós somos, nós somos, nós somos, nós somos, nós somos... livres no nosso amor. Nós somos livres no nosso amor.




Tentar...


Try, Nelly Furtado.

27 de julho de 2011

De que adianta,

tentar não ouvir meu coração, se no final ele sempre ganha, teimoso. E eu sempre perco.


Porque as escolhas que meu coração faz parecem ser as erradas para a minha razão. Mas o que meu coração sente, é que estou apenas tentando levar a dor para longe.


Kamilla de Muinck.

19 de julho de 2011

A verdade,

é que eu sou um tipo de Cinderela só que sem toda aquela magia dos contos de fadas. Não há um sapato de cristal que me dará um final feliz. Não há nenhuma fada madrinha que me concederá desejos. Não há um príncipe me procurando depois de um baile. A verdade é que não há ninguém para me salvar. Ninguém está me procurando.


Então será que você poderia me mostrar que isso não é verdade?


Kamilla de Muinck.

17 de julho de 2011

Eu sinto,

como se tivesse que lutar por um sentimento ingênuo e imaturo que quer nascer em mim novamente. Você me deu uma sensação diferente, não sei dar nome a isso. Senti medo, porque por momentos eu esqueci de tudo o que passei. E penso em deixar isso me levar livremente. Mas eu sei que meus sentimentos não sabem ainda o significado da palavra passageiro. É cedo demais supor qualquer coisa, mas você tem algo que me deixa confortável a sua presença. Você fez meu mundo girar tão rápido em tão pouco tempo. Eu realmente reconheci alguma coisa em você. E vou deixar que o tempo me mostre se isso será uma eterna lembrança boa ou uma parte na minha vida. E eu tenho que confessar que às vezes tento estar ocupada para não pensar nisso todo tempo.



Get me with those green eyes, baby, as the lights go down ♪



Kamilla de Muinck.


12 de julho de 2011

So open up your heart,

help me understand,

please tell me who you are,

then I can show you who I am.



"Então abra seu coração, ajude-me a entender. Por favor me diga quem você é, então posso lhe mostrar quem eu sou."


Stop Standing There, Avril Lavigne.

E nesse mundo de contradições,

eu mal sei qual o meu lugar. Você poderia me salvar? Poderia me dizer onde é meu lugar?


Às vezes é difícil de seguir minha estrada, pois não sei para onde ela vai me levar. Eu apenas gostaria de saber qual o sentido disso tudo um dia.

Kamilla de Muinck.

10 de julho de 2011

Dentro de mim.


É triste ver que ela perdeu uma parte de sua felicidade. Mas será mesmo que o que ela possuía era felicidade? Talvez tenha sido apenas uma ilusão. Uma utopia de como ela queria que tudo fosse. Porque desse jeito ela poderia controlar como tudo seria. Mas a vida continua seguindo seu curso, como o oceano, e a levando para longe. Ela sabe agora que arriscar-se tem um preço. Mas isso fez com que a pequena garota escondida dentro dela crescesse um pouco. Os olhos dessa pequena menina já haviam chorado demais, como uma criança. Mas ela está aprendendo. Suas folhas estão caindo nesse frio outono para florescer quando sua primavera chegar. Então, sorria, garota, é assim que se vive. E você já percebeu que não é fácil. Mas sua vida não vai parar por isso. Então continue caminhando sem se esquecer por onde seus pés já pisaram. Não deixe a dor permanecer aí. Solte-se, menina. Deixe que as ondas levem para longe toda sua tristeza. Abra os braços e sinta suas asas. Apenas deixe acontecer.

Kamilla de Muinck.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...