17 de abril de 2011

À noite, eu rezo.

E eu o fiquei esperando. Eu fiquei contando nossas lembranças enquanto tentava dormir. As lágrimas me sufocavam. Tudo o que eu ouço e vejo é forçado. Os beijos agora parecem traiçoeiros, amargos, brutos. Não vejo interesse seu em querer me ver. O que eu fiz de tão errado para merecer esse seu lado? Um lado que eu nem ao menos imaginava que existia. E à noite, eu rezo, para que tudo volte a ser como era, como da vez que você me prometeu que iria me amar para sempre. A única coisa que posso fazer agora é rezar. Porque todas as outras coisas estão sendo em vão. Eu só queria estar naquele dia em que tudo era tão verdadeiro, havia tanto amor no ar, que nós não parávamos para pensar no futuro. Nós apenas queríamos estar um junto ao outro. Espero que tudo fique bem, espero que minhas preces sejam ouvidas. Que você volte a ser você, porque eu sei que você está aí dentro desse corpo, em algum lugar. Deus, por favor, o traga de volta para mim. Nos traga de volta.






Kamilla de Muinck.


10 de abril de 2011

Não estou pronta.


Eu ando com um único medo me assombrando. Achei que não deveria pensar. Achei que seria passageiro, como tudo sempre foi. O que eu deveria estar fazendo? Rezando para que tudo volte atrás como mágica? Implorando para que o tempo, o destino, que qualquer coisa resolva por mim, porque eu não consigo. Já faço parte disso. Estou presa a você. Não quero pensar no que estaria dizendo a verdade por detrás de suas palavras. Deixe-me como eu estou. Eu enxergo o que irá acontecer, mas fecho meus olhos. Amor... onde estará? Parece que um furacão passou por todos os passos que eu dei. E aquela única palavra, aquela maldita palavra, eu não vou dizê-la, eu não quero dizê-la... não estou pronta para dizer adeus. Não estou tão crescida assim. Eu sinto meus olhos ficarem molhados. Já não consigo mais contar as batidas do meu coração. Eu não estou pronta para isso. Não me faça ficar pronta. Passei muito tempo imaginando o para sempre, enfeitado com promessas de que iria ser até o fim. Não quero ouvi-las de você. Deus, não estou pronta para dizer adeus. E isso me sufoca como ninguém sabe.



Kamilla de Muinck.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...