12 de fevereiro de 2010

Fools Like Me.



"Tome cuidado com o perigo, ele espreita aqueles que se oprimem emocionalmente. Os sonhadores são punidos em sua maioria pela verdade que dizem, está tudo nas pequenas maneiras (coisas) que alguém revela que seu amor se foi, o amor se fo i.. Quando minha mão estava na sua meu coração era puro, e agora eu vejo um homem diferente reescrevendo memórias. Os cachorros correm pela praia, e tudo o que me sobra é areia em meus sapatos, apenas areia em meus sapatos. Porque idiotas como eu, como nós amamos cegamente. E as rachaduras não contam, tem que quebrar na minh a frente. Agora eu me lembro daquela vez no café, a tempestade lá fora, palavras que você nunca pôde dizer. Elas possuem os tons mais altos. Você diz que vai escrever, mas é tinta em uma página, apenas tinta em uma página. Tique-taque o tempo, um olhar distante cresce em seus olhos. E idiotas nunca perguntam com medo do que espreita em seus pensamentos. Eu sempre soube, de alguma maneira eu sempre soube, eu sempre soube a verdade. Porque idiotas como eu, como nós nunca vemos... e as rachaduras não contam, tem que quebrar na minha frente, e está quebrando. Tem que quebrar para que eu veja. Pelo menos posso dizer, que eu não estava com medo. Eu te amei o tempo todo, eu escolheria o idiota qualquer dia."








Fools Like Me, Vanessa Carlton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...